sábado, 21 de setembro de 2013

Olhar seios diariamente contribue para expectativa de vida masculina

Um importantíssimo estudo alemão, publicado no New England Journal of Medicine, assegura que ficar olhando o busto das mulheres durante ao menos 10 minutos por dia prolonga a vida dos homens em pelo menos cinco anos.

Ficou interessado? Achou a notícia de extremo interesse da saúde pública? Pois lamente-se (profundamente) pois ela, por suposto, é falsa. Mas basta citar uma revista de referência, que use uma linguagem especializada, e acrescentar uma declaração de um suposto cientista para que as pessoas espalhem a mentira em blogs, sites e fóruns como se fosse o achado do século.

As notícias falsas (hoaxes, em inglês) não são novas na internet. Esta que retornou agora com força total, de olhar "os peitos", circula desde 1999. E todos, algum dia, acabamos acreditando em alguma destas besteiras, ainda que só por um momento. Os grandes meios também. A CNN, por exemplo, "matou Britney Spears" em 2001.

A rede estadunidense difundiu uma notícia que apareceu no site Newsbyte.com, que assegurava que a cantora acabara de sofrer um acidente de trânsito fatal. Ao final, resultou ser uma experiêcia de um jovem que queria comprovar o quão rápido viaja uma informação falsa na internet e a CNN se viu obrigada a desmentir a história.

Aqui no Brasil, a idiota brincadeira de espalhar o caos pela Internet com mentiras bombásticas falsas também teve suas "crias"; o mais conhecido foi o administrador do "Cocadaboa" que divulgou até um "Dia do Caos" que resultou, por suposto, um grande fiasco.

Passaram se alguns anos desde então, mas os hoaxes seguem fazendo "patinhos" em algumas páginas de informação contrastada. A última que surgiu foi a "Investigação Falafel", supostamente feita pelo FBI, comentada num blog do diário Los Angeles Times em novembro passado.

A autora, que baseava sua opinião numa "notícia" da publicação do congresso, sublinhava o absurdo que resultava que o FBI tivesse mergulhado durante um ano nos dados dos supermercados da área de São Francisco tentando relacionar a venda de falafels (bolinhos de grão-de-bico fritos, consumidos com pão sírio na Índia, Paquistão e Oriente Médio) com terroristas iranianos.

Meses depois, o FBI, em uma nota de imprensa, esclareceu que "a história era ridícula demais para ser verdadeira."

0 Comentários:

© 2009 - 2011 Moleza na Beleza
Todos os direitos reservados.

  © Template Moleza na Beleza by Moleza na Beleza.

SUBIR